9 de janeiro de 2017

Os looks preferidos - Globos de Ouro 2017

No domingo à noite realizou-se mais uma edição dos Globos de Ouro, a cerimónia onde são premiados os melhores filmes e atores. E que bela maneira de começar este ano de 2017!
Sou sincera, para mim a passadeira vermelha é mesmo a melhor parte. Desde sempre que gosto de ficar a admirar os vestidos que por lá passeiam. Não vi em direto. O sono em dias de semana fala mais alto. Contudo, não me pude conter assim que acordei. A página do meu telemóvel foi logo direta para os looks da noite mais glamorosa do ano até agora.  Assim como a página do meu computador assim que tive tempo. 

Não podia deixar passar este evento em vão aqui no blog. Como já é habitual, vou eleger os meus looks preferidos e o porquê. Fiquem atentas!



Os vestidos pretos. "Com preto nunca me comprometo", bem nem sempre isso acontece... Mas estas senhoras ganharam só pelos vestidos. Adorei, adorei, adorei!

Mandy Moore - Bem, o que dizer? A capa do vestido marca por completo a diferença. Adorei a cor mais a puxar para o cinzento. O decote, apesar de grande, não compromete. Um vestido que usaria num piscar de olhos. 
Blake Lively - Tenho uma paixão pelo estilo desta mulher desde que a conheci em Gossip Girl (saudades!). Nunca me desiludiu. Gostei do facto do vestido ser justo e assentar na silhueta. Os detalhes em dourado marcam toda a diferença. Por norma não gosto de bolsos em vestidos, mas aqui tal não aconteceu.
Kristen Bell - Fiquei de olhos colados ao ecrã quando vi as fotos da Kristen. Espetacular! Pode usar o que quiser que fica sempre linda. Nada mais a dizer! 
Susan Watson - Gostei da simplicidade. Um vestido preto com brilhos. Ponto. Há pouco que se pode errar aqui. 



Os vestidos com cor. Os meus preferidos. Gosto da alegria que a cor traz à vida. E, neste caso, a vida que trouxe à passadeira vermelha.

Hailee Steinfeld - Parece uma princesa. Não é qualquer pessoa que consegue usar um vestido com esta cor, mas a Hailee consegue-o na perfeição. Todos os detalhes importam e estão todos no sitio certo. 
Zoe Saldana - Ao inicio fiquei um pouco indecisa quanto a este vestido. Mas à medida que o tempo foi passando comecei a gostar mais e mais. Acho tão interessante a junção destas três cores. Pode parecer uma combinação improvável, mas resultaram bastante bem juntas.  Um dos meus preferidos!
Lily Collins - Adoro esta rapariga. Assim como os looks que usa. Mais uma vez, faz-me lembrar um vestido de princesa. Toda a renda e delicadeza remetem-se para esse estilo. Um vestido que só ela podia usar. E usou tão bem!
●Angela Basset - Vestido simples, mas bonito. Adoro a cor vibrante. É tão bom quando as celebridades tem a coragem de usar estas cores garridas na passadeira. 



Os últimos dois. Os mais arriscados. Os mais "vai com tudo".

Gina Rodriguez - Esta rapariga arrasa com tudo! Sou fã dos papeis que tem feito até agora. E que talento! Este vestido é daqueles que, na minha opinião, marcam a passadeira vermelha. Todo o brilho e destaque. É o que se quer num evento destes. Perplexa!
Emily Ratajkowski - (Confesso que tive que ir ver como se escreve) Já estava à espera de ver algo arriscado da parte dela e não me enganei. Mas apesar de não gostar da maioria dos looks que usa por esse facto, gostei muito deste. Apesar enorme racha nas pernas e do decote achei o vestido bem giro. Adorei a cor que contrasta bem com a cor da pele, assim como do pormenor da faixa prateada. Um resultado satisfatório, gostei gostei!

3 de janeiro de 2017

Como alcançar Metas & Objetivos

Créditos: Pinterest


Sê bem-vindo 2017!
Que sejas o ano das revelações. O ano de mais aprendizagens. O ano de maior crescimento. O ano da felicidade. O ano da gratidão. Que sejas o meu ano!
É hora de nos despedirmos de 2016. E que esta seja a desculpa perfeita para a renovação das nossas vidas. Chegou o momento de concretizarmos os nossos sonhos e objetivos. Chega de desculpas. Este é o ano.
Metas. É quase impossível falar de ano novo e não falar das tão importantes metas. Este é possivelmente o ritual mais comum em todo o mundo nesta altura. E é sobre isso mesmo que vou falar neste post. O primeiro de 2017! Que seja o primeiro de muitos. Posso contar convosco?

Sempre gostei imenso de escrever as minhas metas para a passagem de ano. Contudo, não o faço em qualquer dia. Faço-o exactamente no dia 31 de Dezembro de cada ano. Gosto de tirar um tempo para mim e simplesmente refletir em tudo o que alcancei e aprendi no ano que passou. Assim que faço e passo a escrito esta minha reflexão é então hora de perceber o que quero alcançar no próximo ano. 
Mas pensar e escrever aquilo que queremos alcançar pode ser fácil. O difícil é colocar em prática. Leram bem? É difícil, mas não impossível. Para o conseguirmos precisamos apenas de alguns passos e organização. Assim o post de hoje serve para vos ajudar a alcançar as vossas metas e objetivos. São passos que fui aprendendo ao longo dos anos para ir em direcção aos meus sonhos. Hoje partilho tudo convosco. 

Créditos: Pinterest


●Sonhos: Quais são os vossos sonhos? Já pararam para pensar bem naquilo que gostavam de concretizar? Já deixaram de lado algum sonho que consideram impossível de realizar? Esta é a altura de refletir naquilo que queremos ser e construir um dia. Nada é impossível. Basta sonhar e lutar.

●Metas Realistas: Este é talvez o maior entrave para alcançar os nossos objetivos. É muito importante que escrevam metas realistas e que sabem que podem alcançar ao longo do ano. Por exemplo, se querem uma promoção no trabalho, a vossa meta deve ser dar o vosso melhor no trabalho e esforçarem ainda mais para alcançarem uma promoção. Fiz-me perceber? Até chegarmos onde sonhamos são necessários muitos passos que nos levam até lá. Foquem-se neles!

●Organização: Depois de terem as vossas metas definidas e todo um plano é necessário que organizem o vosso tempo. É crucial terem tempo de lazer e descanso. Só assim têm a energia que precisam para correr atrás dos vossos sonhos. O ano tem 365 dias, tudo é possível! Retirem um tempo de um dia e organizem os vossos dias um a um para saberem o que conseguem ou não fazer.

● Coragem: A vergonha e a preguiça são para deixar em 2016! De nada vos serve terem metas se no final das contas não tem a coragem para ir atrás delas e realiza-las. 

● Pedir ajuda: O alcance dos nossos objetivos está somente nas nossas mãos, porém precisamos de ajuda por vezes. Não há problema nenhum em pedir ajuda a alguém que te pode levar mais longe. Mas não dependam das outras pessoas para tal acontecer. O vosso futuro tem de ser traçado por vós e mais ninguém. 

● Nunca duvides: Por vezes pode parecer difícil e até impossível. Mas não é. Desde que estejas certa dos teus sonhos nada te pode parar. Só tens de acreditar. Porque ao acreditares vais lutar. É esta a formula para alcançar sonhos. Acreditar neles. Acredita em ti. Tu consegues! 



"A goal without a plan is just a wish"

31 de dezembro de 2016

Aprendi em 2016 que ...

2016 foi um grande ano. Não foi caracterizado de apenas bons momentos, teve também a sua dose de momentos menos bons. Na verdade, estes são precisos. É a combinação desses dois mundos que nos faz crescer e evoluir. Estes fazem-me querer evoluir e lutar por aquilo que acredito e pelas pessoas que amo. Sem eles paramos. Ficamos presos.
Foi um ano de mudança. Tanta mudança. Cresci tanto. Continuo a crescer todos os dias e espero que assim seja até ao final da minha vida. Mas 2016 marcou um grande crescimento. O interior. 
Assim sendo, as lições que aprendi foram para lá de muitas. Dezenas talvez. Despeço-me deste ano feliz. Feliz porque finalmente encontrei o meu caminho. Feliz porque estou a ter a coragem de o seguir. Não posso pedir mais. Só agradecer. O importante é continuar. Apesar de tudo. E por tudo. 





1- A vergonha não nos deve impedir de dar o nosso melhor. Sendo uma pessoa tímida sempre tive medo de dar o meu melhor com medo do que os outros podiam pensar. Pensei que talvez estivesse no curso errado por essa razão. O que os outros pensam nunca pode interferir com a nossa dedicação. Ainda pode restar um pouco de timidez em mim, mas esta já não me impede de dar o meu melhor. Seja no que for. Consegui.

2- Relacionar-me com pessoas. É importante ter com quem interagir. Descobrir pessoas que tenham as mesmas ambições de vida e forma de pensar nem sempre é difícil. Basta darmos uma oportunidade.

3- Novas experiências. E dizer sim à mudança. O desconhecido assusta-nos na maior parte das vezes, mas este também significa crescimento. Quer seja ir para o curso que queremos, arranjar emprego, mudar de cidade, etc... O importante é continuar em movimento. E aceitar o diferente.

4- O bem nem sempre é reconhecido. Podemos dar o nosso melhor em algo que mesmo assim há pessoas que não o vão reconhecer. Muito pelo contrário. Nem todos partilham dos mesmos valores. Dessas situações retiram-se aprendizagens para a vida. Nada se perde. Os nossos valores continuam.

5- Dizer não. Palavra tão simples, mas tão complicada ao mesmo tempo. Não podemos aceitar algo que não queremos só para não "magoar" a outra pessoa. De nada vale fazer algo contrariado. Façam apenas aquilo que vos torna felizes. Esse é o caminho.

6- Explorar. Ver o mundo que está à nossa volta. Descobrir novos povos e culturas. É o melhor crescimento que existe. É isto que fica em nós. Sempre. São as memórias. 

7- Ajudar o próximo. Sempre foi um valor que tive presente em mim. E cada vez é mais forte. Não custa nada e recebe-se tanto. 

8- Pesquisar. Não acreditar na primeira coisa que leio. Todas as histórias tem dois lados. Só depois de saber ambos posso formar a minha opinião. Seja no que for.

9- Não me rebaixar se insultarem os meus valores. Responder com integridade e respeito é a forma. Ninguém o espera.

10- Esperar uns minutos. Há situações que nos levam ao nosso limite. Há coisas/pessoas que não valem a pena. Bastar sair da sala, respirar fundo e voltar. Tudo vai ficar igual. Menos nós. Que nos tornamos mais fortes.

11- Negatividade longe. Acredito nas energias das pessoas. E em como isso me afecta. Se estou com uma pessoa com uma energia negativa e diferente da minha simplesmente me afasto. 

12- Não me comparar com os outros. Todos somos diferentes. Todos temos os nossos caminhos. Tenho de seguir o meu e acreditar nas minhas capacidades.

13- Nada nos é dado. É preciso lutar para conseguirmos chegar onde queremos e alcançar os nossos sonhos. Dedicação e trabalho sempre vão trazer recompensas. Mais cedo ou mais tarde.

14- Gratidão. Este é o meu segredo para ser feliz. Encontrar gratidão nas mais pequenas coisas da vida. São elas que no seu conjunto tornam os nossos dias melhores. Tornam-nos felizes. Eu sou feliz. Escolho sê-lo. Todos os dias.



Sofia ❤️

22 de dezembro de 2016

Presentes de Natal Únicos - DIY'S

Gosto muito de receber presentes, mas gosto ainda mais de os oferecer. Gosto de fazer alguém sorrir. Gosto da alegria das pessoas ao receberem os seus presentes. Gosto da ansiedade para descobrirem o que ganharam. Gosto de dar. Gosto de oferecer. Assim não é de estranhar gostar de "gastar" algum tempo a pensar nos presentes de Natal que vou oferecer a cada pessoa. É todo um processo. Pensar na pessoa e nos seus gostos e procurar o presente que mais lhe convém e que pode gostar.
Contudo, este processo nem sempre é o mais fácil. Há pessoas a quem é difícil oferecer prendas. Seja porque parece que já tem tudo, ou porque as áreas de interesse da pessoa são bastante reduzidas. Este ano decidi criar eu alguns dos presentes que ia oferecer. Porquê? Porque fazermos nós algo tem muito mais significado do que ir só à loja e comprar um objeto igual a tantos outros. Quando fazemos algo partimos do principio que o fazemos porque queremos. E se queremos é porque é feito com carinho e amor. E não é esse o espirito desta época?
Dito isto, tenho para vos mostrar um vídeo que publiquei no canal. Neste vídeo realizei quatro trabalhos manuais. Foram muitos dias de pesquisa e selecção, mas consegui escolher aqueles que realmente gostei. Assistam aqui: 



Para além de presentes únicos e úteis são também bem fáceis e rápidos de fazer. Acreditem que não precisam de perder muito tempo. E, claro, todos os materiais são baratos e há imensas opções no mercado. Basta escolherem o que melhor se adapta a vós e à pessoa a que vão oferecer. Afinal deve ser algo que se identifique com ambas. 
São quatro prendas bem diferentes umas das outras porque o engraçado é mostra-vos as infinitas possibilidades que existem. Só temos de colocar a nossa imaginação à prova! 

Se ainda não tem algum presente para oferecem este sábado e não vos apetece perder muito tempo ou gastar muito dinheiro aconselho-vos a seguirem alguma das dicas do vídeo. Tenho a certeza que vão se divertir a criar os presentes. Afinal será algo único e feito com amor!
Se o fizerem tirem foto para me mostrar, ia adorar ver. Espero que tenham gostado!


xoxo,
Sofia

14 de dezembro de 2016

Wishlist - Natal 2016

Estamos na época natalícia e, por essa razão,  é quase impossível não discutir um dos grandes tópicos. Os presentes. Verdade seja dita, todos gostamos de os receber! Uns com sorrisos mais verdadeiros que outros é certo. O brilho nos olhos quando nos passam um embrulho para as mãos está presente. Sempre presente.
Para mim, os presentes são a parte menos importante da quadra. Digo-vos isto com a maior das sinceridades. Mas se assim o é, porque razão estou a escrever um post sobre esse exacto assunto? Porque como qualquer ser humano gosto de os receber. É tão bom receber algo que alguém pensou com cuidado para nos oferecer. E muitas das vezes são itens que já queríamos ou precisávamos, mas ainda não tínhamos tido a possibilidade de os obter. 
Noto que com o passar dos anos comecei a receber menos presentes. Talvez porque a abundância de brinquedos já não é necessária. E não só. Muitas pessoas vão desaparecendo das nossas vidas, para o bem ou para o mal. Acredito sempre que seja para o bem.
Para facilitar um pouco a vida das pessoas que me oferecem presentes -já disse que vos adoro?- resolvi juntar alguns presentinhos que podiam muito bem aparecer na meia de Natal deste ano. Ora vejam lá a minha selecção:




1- Se assistem aos meus vídeos já devem conhecer as minhas botas camel até aos joelhos. São a minha perdição, amo-as completamente. Sempre gostei desta tendência e parece-me que cada vez gosto mais. Mas faltam-me as botas pretas... São um básico, como posso não as ter? Já as estive para comprar, mas ainda não calhou. Talvez falte pouco! (Bershka)

2- Adoro decorar a casa e pensar em todos os pormenores. Um elemento que gosto imenso de utilizar no inverno são as mantas! Para além de decorarem a casa ainda tem a vertente prática. Afinal uso-as sem parar durante os meses frios. Apesar de gostar das mantas só de uma cor, por serem mais fáceis de combinar, há padrões como este que ganham um lugar no meu coração. (Primark) 

3- Desde pequena que adoro fazer máscaras faciais! No entanto, já não as faço há alguns anos... É preciso tirarmos um tempo para cuidarmos de nós e do nosso corpo. É algo que devemos fazer porque gostamos e não por obrigação. As máscaras sempre fizeram parte desse ritual. As vantagens são imensas! Descobri estas há pouco tempo e quero tanto experimentar! (Loreal)

4- Estou sempre com medo de riscar o computador ou de o estragar. Talvez até demais, mas não consigo evitar. O preço que paguei por ele faz-me ter isso ainda mais em conta. Temos que estimar o que temos. Por essa razão, gostava muito de ter uma capa para o proteger um pouco mais dos riscos. Claro que a capa teria de ser cor-de-rosa! Afinal, o aspecto também conta alguma coisa. (Apple Store)

5 & 7- Livros e mais livros! Já não é novidade nenhuma que sou fã de leitura. Até o blog mostra isso com os vários posts relacionados com o assunto. Acabei de ler 3 livros num curto espaço de tempo e já estou ansiosa há espera de outro para ler. Estes dois estão na minha lista e mal posso esperar por os ter na mão. (Livros disponíveis em livrarias, fnac e continente)

6- Gosto de cuidar de mim. Esta é uma característica de que me orgulho em mim. Por gostar de cuidar de mim, gosto de descobrir produtos que me ajudem nessa tarefa do dia-a-dia. Há lojas que tem um lugar permanente no coração -e, na pele! - e a The Body Shop é uma delas. Ando há tempos para experimentar os produtos desta gama! O conceito e os ingredientes despertam-me a curiosidade ao máximo. Tenho mesmo de os experimentar! (The Body Shop)